blog
Blog COMO MIGRAR PARA UM COWORKING EM 2020?
COMO MIGRAR PARA UM COWORKING EM 2020?
09/01/2020

2020 já começou e como todo novo ciclo, uma coisa é fato: para os próximos dias do ano serem diferentes, precisamos de mudanças, certo? Levar sua empresa para um ambiente mais profissional pode ser o pontapé certeiro para alavancar seus projetos nesse novo ano. Afinal, um espaço bem apresentável tem muita influência na credibilidade de qualquer negócio.

Já foi-se o tempo que os coworkings eram espaços voltados apenas para profissionais autônomos e startups. Hoje, esses ambientes também podem atender empresas de todos os portes que procuram por infraestrutura, economia e flexibilidade. Veja aqui se você se encaixa nesse padrão de trabalho colaborativo.

Levando todos esses pontos em consideração, confira em 5 simples passos como migrar para um coworking pode ser mais tranquilo do que você pensa.

Passo 1 – pesquise os espaços:
Como falamos acima, os coworkings estão cada vez mais versáteis e possuem infraestrutura para receber qualquer tipo de negócio. Além do mais, encontramos espaços especializados em nichos exclusivos como o da saúde ou advocacia, por exemplo.

Por isso, vale uma boa pesquisa pelos locais da sua cidade para identificar qual deles atende melhor suas expectativas. Nossa dica é utilizar o Coworking Brasil para encontrar os melhores coworkings próximos à você.

Passo 2 – visite os locais:
Após selecionar os espaços que mais combinam com o perfil da sua empresa, marque uma visita para conhecê-los. Esse passo é fundamental, pois somente explorando os locais ao vivo, é possível realizar um bom comparativo entre eles.

Nesse momento, faça uma listinha e leve em consideração pontos como: localização, qualidade da estrutura, custo-benefício, velocidade da internet e serviços gerais.

Ah, e não se preocupe, pois essa é uma prática muito comum entre os coworkings. A grande maioria está sempre disponível para receber visitas e apresentar o espaço para futuros coworkers.

Passo 3 – faça um test drive:
Após realizar os passos acima, você ainda não tomou sua decisão? Não se preocupe! Geralmente, os coworkings oferecem o que chamamos de “Day Pass”, ou seja, uma espécie de test drive para testar o local durante um dia de trabalho.

Assim, você pode sentir na prática se o espaço realmente atende suas expectativas.

Passo 4 – assine o contrato:
A decisão já está tomada, agora é hora de assinar o contrato de serviços. E esse é outro grande diferencial dos coworkings em relação às salas comerciais tradicionais, já que aqui você não tem burocracias e contato com imobiliárias para fechar o espaço.

Além disso, ainda existem opções de planos flexíveis de acordo com sua necessidade e o período de utilização. Vale mencionar também, que o contrato pode ser alterado a qualquer momento.

Passo 5 – organize sua estação de trabalho:
O mais bacana dos locais de trabalho compartilhado, é que você pode fechar o contrato e começar a trabalhar no mesmo instante. Aí é só escolher sua mesa ou sala privativa e organizá-las como bem desejar. Lembrando que cada espaço possui regras em relação a adaptação e escolha dessas estações.

Viu só como migrar para um coworking pode ser mais descomplicado do que se imagina? Converse com a gente e visite a nossa estrutura para saber mais sobre o mundo dos coworkings.

Erica Spengler Dietrich

Publicitária, redatora e coworker do Ace.

VENHA CONHECER O ACE!

+55 (41) 3019-0500

contato@acecoworking.com.br

Nosso Coworking fica na:
Rua Almirante Tamandaré, 500
Alto da Rua XV - CEP: 80045-110